Projeto LEIA MAIS – Espaço Laboratório do Imaginário

O Espaço Laboratório do Imaginário (LI) visa incentivar a comunidade de um modo geral a ter acesso a uma literatura diferente da técnica. Desenvolver o hábito de ler faz que haja melhora na interpretação de textos e também na escrita.

O Espaço Laboratório do Imaginário é um local para leitura onde as pessoas podem buscar momentos de lazer e relaxamento, aproveitar a paz que a vida tem para lhes oferecer dentro da própria Universidade, de modo a contribuir para a formação dessas pessoas como cidadãos autônomos e críticos, ampliando sua inserção social.

A comunidade poderá nos dar retorno sobre cada livro lido atribuindo uma classificação quantitativa (notas) ou qualitativa (avaliação escrita) para que outros que desejem lê-los fiquem a par da visão do livro pelos olhos dos que leram anteriormente.

No caso dos discentes da Uezo o objetivo principal é incentivar que hábito da leitura não técnica se torne presente no cotidiano. Os objetivos, de modo geral são:

  • incentivar a leitura;

  • disseminar conhecimento;

  • promover o desenvolvimento do vocabulário;

  • possibilitar o acesso a diversos tipos de leitura: poemas, poesias, contos e outros;

  • despertar no indivíduo através da leitura, a oportunidade de novos horizontes culturais, pessoais, promovendo sua formação crítica;

  • contribuir na formação de público para diferentes linguagens artísticas, através da literatura; e

  • integrar diferentes cursos em prol do projeto.

Iremos iniciar com um acervo de aproximadamente 60 (sessenta) livros e de antemão agradecemos as doações que são feitas.

Na inauguração contaremos com a presença da professora Angeli Rose do Nascimento, da CEDERJ/UNIRIO. Ela é membro neoclássico na ALG (Academia de letras e Artes de Góias), escritora, além de nossa parceira no projeto e avaliadora do acervo.

Aproveito, também, para agradecer ao nosso aluno de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Luiz Bruno Vianna pela parceria no projeto e ao Eliéu Santiago pelo design gráfico (em conjunto com o Bruno).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *